Início » Projeto » Work-Packages (WP) » WP21 – 3DNutrients4Food

WP21 – 3DNutrients4Food

A impressão 3D de alimentos será desenvolvida nos próximos anos. No futuro, um dispositivo previamente programado graças à tecnologia de impressão 3D irá preparar refeições prontas e saudáveis, sob medida para suas necessidades individuais, ou mesmo as impressoras serão programadas remotamente via celular, do escritório ou a caminho de casa.

Além disso, nenhum alimento será desperdiçado; uma porção será fresca e preparada especialmente para nós no momento em que surgir a necessidade. Entre as vantagens referenciadas da impressão 3D de alimentos está a utilização de novos componentes não utilizados ou pouco populares entre os consumidores, como os coprodutos agroindustriais.

A impressão em 3D oferece uma nova metodologia para produzir alimentos com uma textura atrativa através da colocação específica de elementos texturizados nos alimentos durante a impressão, uma vez que se trata de uma tecnologia de camada por camada. Um outro fator importante no desenvolvimento de alimentos é a bio acessibilidade dos nutrientes, uma vez que uma baixa bio acessibilidade pode invalidar os benefícios para a saúde.

A impressão de alimentos 3D pode aumentar a bio acessibilidade dos nutrientes comparativamente com os alimentos tradicionais. Além disso, a impressão de alimentos 3D possibilita a fortificação com nutrientes adicionais, como vitaminas e minerais. No entanto, apesar dos muitos avanços recentes na impressão de alimentos em 3D, continuam a existir vários desafios por ultrapassar.

Este projeto visa estudar a impressão em 3D como potencial instrumento para desenvolver produtos alimentares personalizados, com nutrientes adaptados às necessidades dietéticas individuais e a avaliação do impacto dos parâmetros de impressão na bio acessibilidade dos compostos. Serão utilizadas algas para produzir formulações para impressão.

Com base numa estratégia de economia circular, os coprodutos da agroindústria serão também utilizados como ingredientes, fontes valiosas de nutrientes, mas visualmente desagradáveis para consumo. A impressão em 3D contribuirá para transformar o desperdício de alimentos em alimentos perfeitamente comestíveis.

Espera-se com este projeto compreender os produtos alimentares impressos em 3D, quanto ao seu potencial de mercado, sustentabilidade ambiental e avaliações das partes interessadas quanto à qualidade sensorial, qualidade nutricional e métodos de processamento. Pretende-se adicionalmente, definir estratégias para agregar valor aos coprodutos da agroindústria passíveis de aplicação nos produtos finais resultantes do projeto.

Inov.AM - Inovação em Fabricação Aditiva
Ao clicar neste ícone copiará para a área de transferência, o e-mail do projeto Inov.AM Entre em contacto com o Inov.AM Privacy Policy Protection Leia a Política de Privacidade da Inov.AM
error: Conteúdo protegido