Início » Projeto » Work-Packages (WP) » WP10 – PIMMach

WP10 – PIMMach

Perante um mercado global cada vez mais competitivo, as empresas têm evidenciado parte dos seus esforços no desenvolvimento rápido e eficaz de novos produtos para responder à procura e manterem-se competitivas. A adoção de processos de fabrico aditivos e de materiais cada vez mais complexos de processar é exemplo dessa mesma adaptação.

Nesta área de desenvolvimento, a criação de componentes de geometria cada vez mais complexa e otimizada apresenta-se como uma janela de oportunidade de desenvolvimento de materiais adequados a processos que permitam a construção desses mesmos componentes, mantendo sempre os padrões de elevada qualidade e baixo custo.

O processo de criação de um componente metálico pode ser efetuado através de processos convencionais, denominados de processos subtrativos, ou através de processos aditivos. No caso dos processos convencionais, os processos envolvidos implicam a utilização de várias etapas e equipamentos, tornando o processo moroso e incapaz de construir componentes de elevada complexidade geométrica.

Os processos de fabrico aditivo, capazes de processar metais, permitem a construção de componentes altamente complexos, contudo a sua fabricação implica um leque de propriedades muito específicas da parte de cada material e um elevado gasto energético, pois a maioria dos processos utilizados industrialmente implica a utilização de lasers ou bocais de deposição energética sob uma cama de pó.

De forma a evitar um gasto energético e acelerar o processo de produção, tem-se vindo a estudar processos de extrusão capazes de processar materiais metálicos, utilizando como base de trabalho alguns dos processos de injeção que utilizam materiais metálicos com matrizes poliméricas.

Desta forma, pretende-se responder às necessidades existentes no que toca à produção de componentes metálicos de elevada complexidade (moldes plásticos e vidro), utilizando técnicas de fabrico aditivo/hibridas, baseadas em processos de extrusão e maquinação. Pretende-se ainda o desenvolvimento das matérias-primas necessárias, através de processos baseados em PIMMach.

Todo o sistema será integrado numa célula de trabalho, que irá recorrer a sistemas robóticos antropomórficos para efetuar o transporte dos produtos entre os diversos equipamentos que constituem a célula. A concretização deste projeto irá responder a necessidades concretas da indústria, bem como criar novas oportunidades de mercado, quer a nível nacional, quer a nível internacional. Como desafios do presente projeto podem ser destacados:

  • Maquinação de componentes em estado verde
  • Integração, através de software, dos diversos equipamentos da célula de trabalho
  • Desenvolvimento de software de geração de caminhos de deposição
Inov.AM - Inovação em Fabricação Aditiva
Ao clicar neste ícone copiará para a área de transferência, o e-mail do projeto Inov.AM Entre em contacto com o Inov.AM Privacy Policy Protection Leia a Política de Privacidade da Inov.AM
error: Conteúdo protegido